About – Luiz Ricardo Silveira

Luiz Ricardo Silveira is a brazilian amateur astronomer and astrophotographer.

I started stargazing in 2009, the “International Year of Astronomy”. I built my first telescope still in 2009, the same year of my first astrophotography, a noisy picture of Jupiter.

Obs: Texto em português no final da página.

Luiz Ricardo Silveira
Luiz Ricardo Silveira

Jump from observational astronomy to astrophotography was a slow move. Although I started to play with lucky imaging ( https://www.skyandtelescope.com/astronomy-blogs/imaging-foundations-richard-wright/lucky-imaging/ ) in 2010, it was with a dobsonian telescope, and of course, the results were’nt great at all. Most important, what I could get at that time was so inconsistant that it just didn’t excited me.

Not that my current results are any good now, but, you know… we need to try!

Well, time goes passing, and I started to try some widefield imaging with my old DSLR.

Now I own a CEM25P, and I’m finally learning to shot DSO.

A guy with a very little telescope, an old Nikon DSLR and a moderate light polluted sky, who thinks can get some images from the stars!

I take most of my images on my home, in Joinville, a city from the south of the Brazil. This is my current situation in terms of light polution:

And here is my current weather situation:

Click here to find out what is my current setup.

Or maybe you want to see my DSO astrophotography!

If you liked my page, please consider to follow me on my social networks! Here it follows:

[DISPLAY_ULTIMATE_SOCIAL_ICONS]

Em português:

Luiz Ricardo Silveira é um astrônomo amador brasileiro.

Comecei a observar as estrelas em 2009, o Ano Internacional da Astronomia. Construí meu primeiro telescópio ainda em 2009, e no mesmo ano fiz a minha primeira astrofotografia, uma foto de Júpiter, com muito ruído.

Pular da astronomia observacional para a astrofotografia foi algo difícil. Embora eu tenha começado a brincar com imagens planetárias em 2010, eu ainda tinha um telescópio dobsoniano na época, o os resultados não eram legais. Por isto, o que eu conseguia não me motivava.

Não que os meus resultados atuais sejam bom, mas…

Bom, o tempo foi passando e eu comecei a tentar algumas imagens em widefield com a minha DSLR e uma EQ5 antiga que havia adquirido.

Agora tenho uma montagem equatorial melhor, mas continuo com um pequeno telescópio. Conseguir um melhor será o próximo passo.

Um cara com um pequeno telescópio, uma DSLR velha e um céu moderadamente poluído… que acha que pode tirar algumas fotos das estrelas. Este sou eu!